Depois de seis temporadas de Game of Thrones e o constante anúncio avisando que o inverno estava chegando… ele, enfim, chegou. E não chegou sozinho. Chegou junto com Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) e seus dragões, Euron Greyjoy (Johan Philip Asbæk) deu uma chegada em Cersei (Lena Headey), Arya Stark (Maisie Williams) chegou bem chegada na fortaleza de Walder Frey (David Bradley) e Mindinho (Aidan Gillen) segue tentando chegar em Sansa (Sophie Turner). No entanto, quem está realmente chegando e colocando pavor nos Sete Reinos de Westeros são os Caminhantes Brancos e seu Rei da Noite.

Com toda essa galera chegando, Game of Thrones ficou mais coesa, vocês não acham? As peças vão se encontrando. Todo mundo ficou mais próximo e com alguma conexão mais clara entre os personagens. Isso tudo pode ter a ver com o avanço da série que está oficialmente em sua penúltima temporada e também com a quantidade de personagens mortos no seriado – o que não foi pouco. Só a Arya deu uma baita ajuda em diminuir os gastos com elenco já nesse primeiro episódio. Ninguém mandou deixarem um Stark vivo. Não é mesmo? “Esteje” avisado.

Como um típico início de temporada, o episódio Dragonstone tratou de apresentar seus vários personagens e núcleos de pessoas e suas atuais situações. O seriado tem uma riqueza de personagens impressionante e, nesse ponto da série, quem ainda não morreu está em um processo altamente evolutivo do seu personagem. O que dizer do Cão de Caça e seu reencontro com a família de camponeses mortos? A nova Sansa? Arya então? Samwell Tarly (John Bradley-West)? Jon Snow (Kit Harington)? Daenerys? Nenhum personagem que sobreviveu até aqui continuou vivo sem evoluir dentro de si mesmo.

Ao acompanhar o rumo dos personagens, é possível perceber que quem não está em movimento ficou sem saber o que fazer. Enquanto Arya segue com sangue nos olhos, Jon Snow organiza seu comando e Daenerys retoma a sua casa em Pedra do Dragão, Cersei acompanha seu servo desenhando um mapa dos sete reinos… certamente será útil. Quem saberia o que fazer e para onde ir se estivesse no lugar dela? Em um momento em que a amizade e a lealdade são algo raro no pouco que sobrou de Sete Reinos ressabiados e machucados por ódio, crueldade e ego exacerbado, quem não tem amigos e aliados tem poucas saídas. E vale sempre lembrar… os Caminhantes Brancos seguem chegando.

Ainda assim, mesmo com tanta gente querendo o trono, na estreia da sétima temporada de Game of Thrones, quem chamou a atenção foi um simples soldado Lannister. Isso mesmo! Quando Arya cavalgava rumo a Porto Real, pôde ouvir uma música nova, ainda desconhecida. Era o músico britânico Ed Sheeran na pele de um soldado Lannister. Arya gostou da música e logo a internet foi à loucura.

“Ele andava pelas ruas da cidade. Do alto da colina para baixo. Andava a suspirar por uma mulher, pois ela era seu tesouro sagrado. E uma corrente e uma fortaleza não são nada comparadas ao beijo de uma mulher. Porque mãos de ouro são sempre frias, mas as mãos de uma mulher são quentes…”

O inverno chegou, a sétima temporada de Game of Thrones estreou, Ed Sheeran bombou na internet e a HBO registrou mais recordes com o seriado. De acordo com a revista Variety, a audiência do canal nos Estados Unidos alcançou 10,1 milhões de espectadores. Esses números registram um aumento de 27% em relação à estreia da sexta temporada. O último episódio exibido de Game of Thrones na televisão no ano passado detinha o último recorde da série, reunindo 8,9 milhões de espectadores.

E não é só isso. Contando com as reproduções da internet, Dragonstone alcançou 16,1 milhões de espectadores. A estreia da sétima temporada também foi o episódio com maior atividade no Twitter da história, com 2,4 milhões de tweets publicados durante a sua exibição. E o ruivo? Sim, Ed Sheeran ajudou muito nesses números. Ao todo, 7% dos tweets foram focados nas cenas do músico britânico.

Game of Thrones segue impressionando seus fãs e batendo recordes de audiência. A série é uma das maiores produções já realizadas pela televisão mundial e sua história ultrapassa os Sete Reinos e vai além dos Caminhantes Brancos. O inverno chegou, mas nenhum frio poderá congelar os números da audiência do seriado da HBO. Ah, sim, e eles ainda têm dragões. Vale sempre lembrar.

Gosta de televisão? Então aqui é o seu lugar. Siga a Revista Pixel TV no Facebook, no Twitter e também no Instagram.

Depois de seis temporadas de Game of Thrones e o constante anúncio avisando que o inverno estava chegando... ele, enfim, chegou. E não chegou sozinho. Chegou junto com Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) e seus dragões, Euron Greyjoy (Johan Philip Asbæk) deu uma chegada em Cersei (Lena Headey), Arya Stark (Maisie Williams) chegou bem chegada na fortaleza de Walder Frey (David Bradley) e Mindinho (Aidan Gillen) segue tentando chegar em Sansa (Sophie Turner). No entanto, quem está realmente chegando e colocando pavor nos Sete Reinos de Westeros são os Caminhantes Brancos e seu Rei da Noite. Com toda essa galera chegando, Game of Thrones ficou mais coesa, vocês não acham? As peças vão se encontrando. Todo mundo ficou mais próximo e com alguma conexão mais clara entre os personagens. Isso tudo pode ter a ver com o avanço da série que está oficialmente em sua penúltima temporada e também com a quantidade de personagens mortos no seriado – o que não foi pouco. Só a Arya deu uma baita ajuda em diminuir os gastos com elenco já nesse primeiro episódio. Ninguém mandou deixarem um Stark vivo. Não é mesmo? “Esteje” avisado. Como um típico início de temporada, o episódio Dragonstone tratou de apresentar seus vários personagens e núcleos de pessoas e suas atuais situações. O seriado tem uma riqueza de personagens impressionante e, nesse ponto da série, quem ainda não morreu está em um processo altamente evolutivo do seu personagem. O que dizer do Cão de Caça e seu reencontro com a família de camponeses mortos? A nova Sansa? Arya então? Samwell Tarly (John Bradley-West)? Jon Snow (Kit Harington)? Daenerys? Nenhum personagem que sobreviveu até aqui continuou vivo sem evoluir dentro de si mesmo. Ao acompanhar o rumo dos personagens, é possível perceber que quem não está em movimento ficou sem saber o que fazer. Enquanto Arya segue com sangue nos olhos, Jon Snow organiza seu comando e Daenerys retoma a sua casa em Pedra do Dragão, Cersei acompanha seu servo desenhando um mapa dos sete reinos... certamente será útil. Quem saberia o que fazer e para onde ir se estivesse no lugar dela? Em um momento em que a amizade e a lealdade são algo raro no pouco que sobrou de Sete Reinos ressabiados e machucados por ódio, crueldade e ego exacerbado, quem não tem amigos e aliados tem poucas saídas. E vale sempre lembrar... os Caminhantes Brancos seguem chegando. Ainda assim, mesmo com tanta gente querendo o trono, na estreia da sétima temporada de Game of Thrones, quem chamou a atenção foi um simples soldado Lannister. Isso mesmo! Quando Arya cavalgava rumo a Porto Real, pôde ouvir uma música nova, ainda desconhecida. Era o músico britânico Ed Sheeran na pele de um soldado Lannister. Arya gostou da música e logo a internet foi à loucura. “Ele andava pelas ruas da cidade. Do alto da colina para baixo. Andava a suspirar por uma mulher, pois ela era seu tesouro sagrado. E uma corrente e uma fortaleza não são nada comparadas ao beijo de…

Carimbo da Pixel

Elenco
Roteiro
Direção

Congelante

Game of Thrones voltou embalando sua história para o fechamento da série. Na penúltima temporada, os reinos se preparam para a batalha final, enquanto o maior inimigo de todos é um só e está chegando junto com o inverno. A dúvida é como matar algo que já está morto?

User Rating: Be the first one !
98