Com o intenção de abordar todas as diferenças e levantar o debate sobre a representatividade, a nova temporada de Malhação, da Rede Globo, escrita por Cao Hamburguer (responsável pelo Castelo Rá Tim Bum), saiu do Rio de Janeiro para, de forma inédita, se ambientar em São Paulo, e trouxe com isso uma trama ágil e emocionante.

A escolha de colocar São Paulo como cenário da história, aliás, foi completamente intencional. A capital paulista é conhecida por abrigar as mais diversas tribos urbanas, criando vários universos dentro de um só e evidenciando ainda mais as diferenças.

Protagonizada por cinco garotas e no melhor estilo girl power, a trama foge do clichê “historinha de amor”, colocando a amizade entre Bene (Daphne Bozaski), Tina (Ana Hikari), Ellen (Heslaine Vieira), Lica (Manoela Alipert) e Keyla (Gabriela Medvedovski) em primeiro lugar. Esta última, aliás, foi a grande responsável por unir essas garotas de universos tão distintos: foi durante o parto da jovem no metrô que as meninas se conheceram e iniciaram uma grande amizade.

Vale mencionar ainda que, pela primeira vez, uma personagem principal terá autismo. Ao longo da atração, Bene descobrirá que tem a doença e que por isso tem dificuldades de se relacionar com as pessoas e expressar suas emoções. O intuito do autor, com isso, é desmistificar o tabu ao redor desse mal e demonstrar que existem vários níveis dessa doença.

Destaque positivo também para a abertura do folhetim: Karol Conká sintetiza em versos e rimas uma música que exalta a diversidade de cada um de nós! Com inicio bastante promissor, da novelinha teen, que atingiu 22 pontos em algumas regiões, mostra que essa pode ser a temporada de Malhação de maior sucesso dos últimos anos. Resta ficar de olho para saber quais diferenças serão demonstradas na trama.

Gosta de televisão? Então aqui é o seu lugar. Siga a Revista Pixel TV no Facebook, no Twitter e também no Instagram!

Com o intenção de abordar todas as diferenças e levantar o debate sobre a representatividade, a nova temporada de Malhação, da Rede Globo, escrita por Cao Hamburguer (responsável pelo Castelo Rá Tim Bum), saiu do Rio de Janeiro para, de forma inédita, se ambientar em São Paulo, e trouxe com isso uma trama ágil e emocionante. A escolha de colocar São Paulo como cenário da história, aliás, foi completamente intencional. A capital paulista é conhecida por abrigar as mais diversas tribos urbanas, criando vários universos dentro de um só e evidenciando ainda mais as diferenças. Protagonizada por cinco garotas e no melhor estilo girl power, a trama foge do clichê "historinha de amor", colocando a amizade entre Bene (Daphne Bozaski), Tina (Ana Hikari), Ellen (Heslaine Vieira), Lica (Manoela Alipert) e Keyla (Gabriela Medvedovski) em primeiro lugar. Esta última, aliás, foi a grande responsável por unir essas garotas de universos tão distintos: foi durante o parto da jovem no metrô que as meninas se conheceram e iniciaram uma grande amizade. Vale mencionar ainda que, pela primeira vez, uma personagem principal terá autismo. Ao longo da atração, Bene descobrirá que tem a doença e que por isso tem dificuldades de se relacionar com as pessoas e expressar suas emoções. O intuito do autor, com isso, é desmistificar o tabu ao redor desse mal e demonstrar que existem vários níveis dessa doença. Destaque positivo também para a abertura do folhetim: Karol Conká sintetiza em versos e rimas uma música que exalta a diversidade de cada um de nós! Com inicio bastante promissor, da novelinha teen, que atingiu 22 pontos em algumas regiões, mostra que essa pode ser a temporada de Malhação de maior sucesso dos últimos anos. Resta ficar de olho para saber quais diferenças serão demonstradas na trama. Gosta de televisão? Então aqui é o seu lugar. Siga a Revista Pixel TV no Facebook, no Twitter e também no Instagram!

Carimbo da Pixel

Enredo
Elenco
Direção

Diversidade

Pela 1ª vez, a trama de Malhação acontece em São Paulo.

User Rating: Be the first one !
87